sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Nenhum comentário:

Campanha Contra o Crack

Nenhum comentário:

O Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da criança e do adolescente vem através deste, comunicar que estará promovendo a campanha sobre o combate ao Crack, que abordará o tema “Crack, tire essa pedra do seu caminho”. A campanha visa fixar diversas rochas em pontos estratégicos na cidade, com o intuito da sensibilização da opinião pública, por meio do apelo visual. 

A campanha ainda será realizada nas escolas, sendo iniciada a partir do dia 10 de setembro do corrente ano, onde levaremos para os alunos, a conscientização da importância da prevenção ao Crack.

Política direto de Caruaru

Nenhum comentário:

O Brasil do Faz de Contas.

Os anos turvos da ditadura no Brasil deixaram marcas profundas no seio da população, temerosa de que os grilhões daquele nefasto período de nossa recente história possam ser erigidos novamente. A cada aceno nesse sentido, tememos que um ato de intolerância mais agudo, remeta-nos à um novo turbilhão de crises sociais, políticas e institucionais que nos mergulhe outra vez nas brumas da perseguição que, outrora, reinaram em nossa pátria.

O que vimos esses dias, e até mesmo do que fomos vítimas neste espaço, deu-nos a certeza de que vivemos uma crise de identidade em nossas instituições, onde o entendimento desse ou daquele agente de poder se arvora soberbamente acima do bem e do mal, portanto, submetendo aqueles que se valem do direito líquido e certo, e mesmo constitucional, de externar suas considerações e compreensões dos eventos de ordem social e coletiva às tratativas de que entendem tais entes estarem sob suas orientações a máxima decisão.

A crise moral porque passa o Brasil nos últimos tempos nos lega a vários questionamentos sobre o que a organização política do Estado brasileiro versa como ordem expressa, levando-se em consideração que leis e medidas punitivas têm peso e rigor para uns e não para outros, deixando impactado e confuso o povo brasileiro, que vê e ouve falar de leis, de Propostas de Emendas a Constituição (PECs) e outras tantas regulações permitidas e permissivas, mas que não se confundem com os ideais defendidos por seus formuladores e por aqueles que nas ruas, tribunas e logradouros defenderam reformas profundas no código eleitoral brasileiro, visando banir definitivamente da cena pública atores políticos marcados por desvios de conduta ética e moral. Um exemplo disso é a Lei da Ficha Limpa, que existe de fato, porém questiona-se em seu direito, pois comum está sendo ver indivíduos que por esta ou aquela conveniência, tiveram mandatos e postulações a cargos eletivos subtraídos pelas cortes eleitorais do país, desde as mais altaneiras, até as provincianas comarcas do interior do país. Na contramão desse processo, amontoam-se agentes políticos que tentam se escudar de um passado tenro à custa de alegações jurídicas que deixam um ar de questionamento quanto ao mérito de tais citações.

A lei da ficha limpa deve ser vivida na sua essência, e não como algo alegórico e meramente eivado de simbolismos vis e inconsistentes em sua aplicabilidade. A ideia de uma política limpa, sem manchas e despida da ganancia desvairada de uma meia dúzia de pelegos que incham os palácios e parlamentos do Brasil, parece ainda muito distante de nossa realidade tupiniquim, o que nos infere a certeza de que a verdadeira reforma política deste país nascerá de nossa parte, o eleitorado, ao recorrermos ao que temos como maior e mais significativa arma em nossas mãos contra tais desmandos; o voto, ainda livre no Brasil que vivemos e defendemos.


Prof. Ednaldo Jr. 

12 anos de atraso

Nenhum comentário:

 Os vereadores oposicionistas bateram bastante na tecla de 12 anos de atraso, um dos mais contundentes quanto a isso foi o vereador Afrânio Marques que citou algumas situações que segundo ele, foram um verdadeiro atraso.
Nenhum comentário:

Estado de calamidade

Nenhum comentário:

Essa foi a forma como Junior Gomes tratou dos problemas relacionados ao Posto de Saúde da Palestina, que segundo o mesmo, faltava médico, recepcionista e remédios.
Nenhum comentário:

“É só acabar com o aluguel do Hospital de Nanau”

Nenhum comentário:

Essa foi a resposta de Francisquinho dada a Fernando Aragão sobre de onde viria o dinheiro para a construção das 4 policlínicas. “O que vamos economizar por ano de aluguel do hospital de Nanau, dará para construir uma policlínica a cada ano de governo de Edson.”
Nenhum comentário:

Fernando bateu forte

Nenhum comentário:

O vereador bateu forte na união Edson/Diogo. “Já completou 1 ano e essa união não trouxe nada, até a cadeia pública tá tudo parado por lá.” Aragão também criticou fortemente sobre as propostas de Edson e questionou de onde viria o dinheiro para se construir algumas obras como as 4 policlínicas.

Tudo em lua de mel

Nenhum comentário:

Dentre os vereadores situacionistas que estavam falando bem do prefeito Toinho do Pará estava o vereador Ernesto Maia, em seu discurso na Câmara, o mesmo falou pelo menos umas 6 ou 7 vezes o nome de Toinho em tom de elogios.

Cadê os remédios?

Nenhum comentário:

O vereador Nanau em seu discurso questionou fortemente sobre onde estariam os remédios da LAFEPE em Santa Cruz que tem como um dos diretores Oséas Moraes. Segundo o vereador, desde abril de 2011 que existe essa escassez de remédios do LAFEPE.

Agenda de Edson e Dimas

Nenhum comentário:

 Sexta (31)

Manhã
Fábrica de confecções com os candidatos Ronaldo Pacas (PSDC) e Pipoca (PMN).

Tarde
Visita a fábricas de confecções com o candidato Zé Minhoca (PSDB).
Reunião com taxistas.

Noite
Visitas a residências e bairros da cidade.
Mala 45 no bairro Cruz Alta.

Edson e Dimas realizam caminhada no Dona Lica II

Nenhum comentário:


Dando sequência a agenda de campanha, os representantes da coligação “Uma chance para Santa Cruz”, Edson Vieira e Dimas Dantas, estiveram no Dona Lica II, na noite desta quinta (30). A dupla aproveitou a caminhada para ouvir as reivindicações da população da localidade. Edson e Dimas estão percorrendo os bairros da cidade apresentando o plano da Prefeitura Ativa, que foi construído através do diálogo com o povo. “Nossa prefeitura será ativa, a participação do povo será um ponto primordial para o sucesso de nosso governo”, relatou  Edson.

Nesta sexta (31), os candidatos vão realizar visitas às residências e confecções pela manhã e tarde, e a noite vão participar da Mala 45 na Rua São Paulo.  

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Nenhum comentário:

Toritama: Coligação adversária pede cassação de Flávio Lima(PSD)

2 comentários:

O escritório de advocacia, cujos advogados são: Dr. Marcos Henrique, Dr. Neydson Eduardo Ferreira, Dr. Gláucio Fernandes, Dr. Geildson Souza, Dr. Rommeu Patriota e o Bel. Cristiano Morais, responsáveis pela assessoria jurídica da Coligação Avança Toritama, que tem como Candidatos Odon e Lucinha, acabaram de ingressar com Ação de Investigação Judicial Eleitoral – AIJE, perante a Justiça Eleitoral da 112ª Zona Eleitoral, Toritama/PE, pedindo a cassação do registro do candidato Flávio Lima e seu Vice Moizes, haja vista a suposta prática de diversos crimes eleitorais, que caracterizam abuso de poder político, econômico e captação ilegal de sufrágio, durante a campanha eleitoral. 
O pedido foi acompanhado de vasto material probatório, incluindo diversos vídeos, fotos e rol de testemunhas. Foi solicitado, também, a presença da POLÍCIA FEDERAL no município, entre outras medidas investigatórias.

Vale lembra que essa mesma equipe jurídica foi a responsável pela validação do registro da candidatura de José Augusto Maia (PTB) em Santa Cruz do Capibaribe/PE. 30 de agosto de 2012.

Ainda hoje postaremos também fotos do suposto crime eleitoral.

Primo de Tallys Maia responde sobre a acusação de compra de voto

4 comentários:

Programa Minha Casa Minha Vida movimenta a economia brasileira

Nenhum comentário:




Neste mês de agosto, o Brasil chegou à marca de 1 milhão de casas e apartamentos 
construídos pelo programa Minha Casa, Minha Vida, do Governo Federal tornando realidade o sonho da casa própria para milhares de famílias.
Para o presidente da Federação das Indústrias de Pernambuco, o deputado federal Jorge 
Côrte Real (PTB- PE), a notícia não poderia ser melhor. De acordo com ele, além de 
beneficiar famílias com o novo lar, o programa movimenta a economia brasileira gerando 
emprego e renda, para a classe trabalhadora, nas áreas de construção civil e da indústria.
Do início de 2011 até agosto de 2012, foram contratadas 860 mil novas moradias do Minha 
Casa, Minha Vida. A meta do Governo Federal é de contratar 2,4 milhões de moradias até 2014, sendo esta uma das nossas prioridades do Governo Dilma.

Pula, pula, pulou, vira, vira, virou . . .

Nenhum comentário:

Há quem diga que um certo candidato a vereador azul anda desgostoso com seu grupo e caso eleito, o homem pularia fora do barco. A quem diga que até reunião com Maia ocorreu para um suposto acordo visando a eleição da Câmara de Vereadores. 

Questiono-me, não é muito cedo para se debater eleição de presidência de Câmara não? Acho que o candidato está esquecendo é de ir pedir voto.
Nenhum comentário:

Agenda de Edson e Dimas

Nenhum comentário:

Quinta (30)

Manhã
Visita a fabrico de confecções com o empresário Zeba e a candidata Jéssyca (PTC).

Tarde
Fabrico de confecções com o vereador Junior Gomes (PSB).
Visita a residências.

Noite
Caminhada no Dona Lica
Movimento no Bairro Cruz Alta com o candidato Nem
(PTC).

Reunião no Bairro Neco Aragão com o candidato Luciano Bezerra (PR).
Caravana da candidata Jéssyca (PTC).
Movimento no Bairro Santo Agostinho com o candidato Narah (PSB).

Santo Agostinho no escuro

Nenhum comentário:

Lucinaldo Tenório - BLOG TRIBUNA DO CAPIBARIBE

Disseram-me que quando há algum evento político da oposição nas imediações da Academia das Cidades do bairro Santo Agostinho, as luzes eram apagadas. Apesar de ouvir de um morador e ex-aluno, pessoa em quem confio, fiquei inclinado a não acreditar, afinal, falávamos de um lugar público. Para minha surpresa, ontem, quarta-feira (29), estive exatamente em um movimento político e testemunhei o apagão de todos os postes. 

Pagamos em nossas contas de energia uma taxa de iluminação pública e, independentemente disso, a praça não foi construída para um grupo político, mas para todos. Este é mais um entre os tantos absurdos que constatamos na administração de nossa cidade. 

Na Cohab, a população também sofreu com problemas na iluminação da Academia das Cidades, denunciou e o problema foi solucionado, espero que os (ir) responsáveis pela situação tomem as devidas providências urgentemente. 


Dito e feito . . .

Nenhum comentário:
Na cidade a corrupção é inimiga da boa saúde pública,da educação de qualidade, da merenda,da limpeza, das ruas sem buracos,da segurança etc.

Bruno Bezerra - empresário

O que dizem no blog . . .

Nenhum comentário:

Realmente, Pablo, para uma pessoa que não é operadora do direito, a justiça não tem nada de simples. Um dos temas atuais de maior complexidade e importância, não só para juristas e operadores do direito, mas também para filósofos e sociólogos, diz respeito aos estudos relacionados à justiça.

Não se pode perder de perspectiva que o Direito é também um fenômeno cultural e, em razão disso, jamais poderá ser entendido como autossuficiente para sanar os problemas da complexidade social. O operador do direito precisa antes de tudo ser um conhecedor de seu mundo, de sua sociedade, enfim, da realidade que lhe bate às portas. 

A eminente Ministra Eliana Calmon  ao ser empossada no cargo de corregedora do Conselho Nacional de Justiça - CNJ, declarou o seguinte: "Pela primeira vez, foram feitos diagnósticos oficiais do funcionamento da prestação jurisdicional, dos serviços cartorários. Pela primeira vez, veio a conhecimento de todos, até dos próprios protagonistas da função judicante, o resultado de uma justiça cara, confusa, lenta e ineficiente".

Por outro lado, é compreensível que às vezes haja um anseio popular, ou mesmo particular, para o julgamento de uma determinada questão. Entretanto, há que se entender que um magistrado não pode decidir além ou fora do pedido, são as limitações da atuação de um juiz no exercício dos poderes jurisdicionais. Por outro lado, a tarefa, de reconstruir a verdade dos fatos, não é fácil de ser cumprida, resultando, não raro, que se alcance apenas a verdade processual. O processo, muitas vezes, produz apenas uma certeza do tipo jurídica, mas que pode, sim, não corresponder à verdade da realidade dos fatos. Digo isto de uma maneira geral. Não estou fazendo comentário algum sobre fato concreto que seu texto se referia, tanto por questões éticas, que me impedem de tecer qualquer tipo de comentário, quanto pelo fato de eu não possuir qualquer elemento objetivo que me permita formar um Juízo de valor sobre a questão, que isso fique bem claro. 

Todavia, querer que o judiciário resolva uma questão que envolve vários aspectos, com um toque de mágica, realmente é muito difícil, e infelizmente as coisas não se resolvem desta maneira.

De qualquer forma, já é possível se verificar um movimento de cidadania crescente, onde o povo anseia por uma maior participação, e para isso é necessário que cada um tome consciência não só dos seus direitos, mas acima de tudo, de seus deveres, assumindo suas responsabilidades. Ou seja, que cada um cumpra de fato seu papel social, e só ai teremos uma sociedade mais próxima do ideal de equilíbrio, equidade e justiça.

Assina: Sônia Neves de Assis - advogada

Comentário postado em: Nota de esclarecimento aos leitores

Nenhum comentário:

Mudança de rumo

Nenhum comentário:



Da mesma forma que ocorreu na campanha de Toinho do Pará há 4 anos atrás, mais uma vez a campanha taboquinha poderá mudar de rumo. Segundo conversas internas, uma série de erros da coordenação taboquinha fizeram com que as mudanças fossem antecipadas e a partir desse inicio de setembro a intenção é “força máxima” na cidade e usar o vermelho pelas ruas da cidade.

Para confirmar ainda mais tal fato, Carlos Erbe e Tallys Maia foram vistos juntos em um local público decidindo alguns detalhes de mudança de rumo na campanha. E detalhe, tem gente com muito ciúme já, pois está sendo escanteado de certas decisões.

Edson Vieira participa de debate em escola

Nenhum comentário:


Na noite desta quarta-feira (29/08), nas dependências do Instituto Albert Einstein, foi aberta a rodada de entrevistas com os candidatos a prefeito de Santa Cruz do Capibaribe. O encontro foi mediado pelo professor de Filosofia Ericson Barros e tem como objetivo envolver alunos, professores e pais no processo de escolha dos novos representantes do município, no próximo dia 07 de Outubro.
 Neste primeiro momento, estiveram participando o candidato Edson Vieira (PSDB) e seu vice Dimas Dantas (PP), representando a Coligação “Uma chance para Santa Cruz”.
 Os postulantes responderam a 18 questionamentos, que abrangiam as diversas áreas que compõem a administração pública. Dispondo do tempo de 3 minutos para cada resposta, o candidato Edson Vieira enfatizou as propostas que defende serem capazes de melhorar a nossa cidade e o seu povo.

Na quinta-feira (30/08), será a vez do candidato José Augusto Maia (PTB) e seu vice. 
 A iniciativa reflete a preocupação da Escola em assumir seu papel na formação do cidadão, adotando como uma das estratégias o engajamento nas questões relevantes para a cidade e seus habitantes.

Colaboração: Professor Moisés Américo
Nenhum comentário:

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Água em leito seco do Capibaribe

Nenhum comentário:

Foto: Arnaldo Vitorino.

Por Ricardo Braga - NE10
Neste agosto de 2012 a algarobeira apareceu frutificando como se fora final de estiagem. Mas foi só uma pegadinha do clima no calendário biológico da planta, acostumada passar quatro meses sem chuva para depois florar e já no período brabo de seca espalhar suas sementes. Pudera, no primeiro semestre quase não choveu, embora fosse o período em que normalmente as águas molham a terra e as plantas da caatinga se vestem de verde.

A seis quilômetros do rio, encontrei um morador chegando em casa com a carroça cheia de capim para o gado e água para beber. Vinha do Capibaribe. Pergunto pela água do barreiro no sítio. Responde que é a primeira que acaba e que, enquanto ela dura, não vai buscar tão longe. Mas agora “até a água que eu guardava na cisterna construída pelo governo acabou e os caminhões do Exército nem passaram por aqui ainda”. Daí, para ele só resta buscar onde tem, com a convicção de que “abaixo de Deus só o Capibaribe é quem salva”.

Mas como, se lá já não tem água? “É que o senhor não vê; ela está dentro da areia”. Mesmo seco, sem vazão, aquele leito sustenta o homem da região porque debaixo dele estão guardadas chuvas passadas, como numa enorme cisterna natural, com a água protegida da evaporação e sem fugir para o mar.

Volto ao rio e caminho quilômetros por suas margens e leito. Na aluvião, o capim ainda cresce e é cortado para o gado, e a cada propriedade ribeirinha se vê pelo menos um poço redondo em alvenaria, escavado a pá. Por essas cacimbas na zona rural de Santa Cruz do Capibaribe, o rio salva o homem do campo e, por vezes, o da cidade, que se abastece delas mobilizando carros pipa. Afinal, neste município chove bem menos do que a média anual do semiárido nordestino.

Mas existe um outro incômodo na população, que não é climático. Ao longo do trecho acima da cidade até a barragem de Poço Fundo, que já está seca, a exploração de areia tem tirado o sossego de muita gente. Para uma moradora vizinha à extração, a narrativa do trauma chega a ser poética porque pode haver poesia até na dramaticidade se ela for carregada do sentimento de natureza.

Perguntei o que significavam para ela aquelas máquinas comedoras de areia e o transtorno decorrente: “Veja, há poucos meses meu marido curtia olhar os canários ao sol que pousavam próximo à nossa casa enquanto eu gostava de acompanhar os saguins do outro lado da estrada, na beira do rio, onde existem fruteiras e árvores nativas cuidadas por nós com sacrifício. Com o barulho das máquinas, os saguins assustados atravessaram a estrada e passaram a destruir os ninhos e comer os filhotes dos pássaros. Hoje já não temos canários por perto!”. 

Que simplicidade de argumento, que poderia convencer sem a necessidade de racionalidades técnicas sobre disponibilidade e demanda hídrica! Mas sei que nem todos seguem essa lógica.
Por isso, caminho, com outros mais, buscando entender a importância daquele leito seco, silencioso, mais importante para a vida do que para a construção civil. Até porque existem outras jazidas e materiais em alternativa àquela areia, disposta por centenas de anos de aluvião, sendo quase covardia explorá-la assim, de forma tão rude, diante da própria inocência da sua disposição, desprotegida. Em leito aberto, não resiste à exploração apressada e desestruturadora do ambiente pela mineração mecanizada, que afronta a relação homem-natureza do lugar.

Da mesma maneira que no Sertão as plantas da caatinga deixam cair suas folhas para não perder água enquanto transpiram, o leito do rio imita a vida no limite crítico da sobrevivência, deixando-se nu de água por fora, para retê-la o quanto pode por dentro. 

Imaginando o seu perfil por baixo da areia, a rocha dura forma uma bacia de acumulação de grande extensão, aflorando em determinados trechos do leito justo quando as pedras aparecem e funcionam como impedimento à passagem da água rio abaixo, ficando acumulada nos poros do solo arenoso.

A escavação e a retirada da areia na mineração descobrem a água, deixando-a exposta à evaporação, que na região é de aproximadamente 2.500 mm/ano. Ou seja, um espelho de água com 1m2 perde 2.500 litros de água para a atmosfera em um ano. E se isso ocorrer em 1 km de rio com seus 80 m de largura? Significam 202 milhões l/ano, o que corresponde ao consumo doméstico anual de uma população rural de 8 mil moradores.

Mas não é só isso. O espelho d´água, exposto ao sol, favorece a reprodução de microalgas, algumas tóxicas, que, ao morrerem por falta de oxigênio durante a noite, terminam por estragar a água e inviabilizá-la para consumo. Por isso é que a sabedoria popular diz que água parada por muito tempo não é boa.

Sem água, sem rio, sem pássaros, sem o verde sobre a areia. Destruída a grande cisterna natural, a razão de permanência no campo se esvai. E a cidade espera novos migrantes para consumir mais água, de onde?
Nenhum comentário:

Agenda de Edson e Dimas

Nenhum comentário:

>> Agenda de Quarta (29)

>> Manhã
>> Fabrica de confecções com os candidatos Adérito Junior (PSD) Luciano Bezerra (PR) e o vereador Afrânio (PDT).

>> Tarde
>> Fabricos e visitas residências.

>> Noite
>> Encontro no Instituto Albert Einsten.
>> Movimento no bairro Dona Lica com o candidato Luciano Bezerra (PR).
>> Mala no bairro Santo Agostinho com o candidato Dida de Nan (PSDB) e Jéssyca (PTC).

Briga interna a vista

Um comentário:

Eles já não se batiam muito, ultimamente é que as coisas estão ficando pesadas, no palanque é um amor dos grandes, porém internamente já nem se falam, os tais 2 candidatos a vereadores em breve terminarão indo as vias de fato. 

Quem são? Talvez em breve digo, por enquanto basta saber que é do palanque vermelho.
Nenhum comentário:

Rouba mas faz

Um comentário:

Expressão adotada na campanha de prefeito de São Paulo de 1957 por Adhemar de Barros, a expressão “ROUBA MAS FAZ” ganhou notoriedade no meio político e sempre ouvimos de políticos e de correligionários diversos a tal frase. Muitas pessoas se acostumaram a denúncias de irregularidades em administrações públicas, ao descaso com o dinheiro do contribuinte e a indiferença dos políticos sabidamente imorais para com os que esbravejam contra suas falcatruas.

Muitas vezes esses tais políticos adotam o sistema de dizerem inclusive abertamente que são contra pessoas que denunciam, que o correto é trazer obras e ações. Porém, fica meio que nas entrelinhas o fato de que o mesmo está dizendo que rouba, porém faz.

O apoio por parte da população a políticos corruptos que tentam ludibriar e usar de má fé administrando de forma errada o dinheiro público, significa dizer que também participa como co-autor da falta de ética e do roubo do erário. 

Na hora de votar, pense consciente, não coloque pilantras e incompetentes com o único objetivo de roubar e o principal: COBRE, FAÇA VALER O SEU PODER DE CIDADÃO QUE É SIMPLESMENTE FORTÍSSIMO.

Resposta referente a matéria: "Rio Capibaribe mais uma vez sofre com a ganância por dinheiro"‏

Nenhum comentário:

A água do Capibaribe é classificada como Classe II pela Resolução CONAMA Nº. 20, de 24.10.1996, não se prestando para  consumo humano e para uso domestico, só após o tratamento convencional. O rio  recebe, neste trecho, grandes cargas orgânicas e de coliformes, desde o  Distrito de Poço Fundo ate a Cidade de Santa Cruz. Os esgotos são despejados em seu leito. Contribuem ainda, as fazendas, casas isoladas, animais dentro do rio, motel, pontos comerciais (como do Sr. Paulo Andre, em frente a sua fazenda Fieza, instalado na APP do rio, margem imediata, onde construiu churrasqueira, sanitários feminino e masculino, onde instalou dezenas de mesas-bancos, freezer, banho de bica, etc). Esta denuncia já se encontra nos arquivos do DNPM e CPRH, com cobertura fotográfica.

A água que abastece Santa Cruz, pela COMPESA, vem em um canal de cimento desde a barragem de Poço Fundo. Este canal esta implantado na margem esquerda do Rio Capibaribe e vai para estação de tratamento na cidade.

A lavra desta areia. no leito seco e assoreado do rio, é feita através de um canal central, onde as margens ficam intactas, protegidas e que posteriormente se revelam  reservatórios,mananciais de águas que são utilizadas pelos moradores ribeirinhos para irrigar suas lavouras, agriculturas familiares, plantio de capim para ração animal, etc. 
O argumento que estas águas vão evaporar é falho. Todos os mananciais existentes no mundo sofrem evaporação. É um fator cíclico, a água vai e volta. O rio Capibaribe completa um ciclo de 4 anos sem secar. O pequeno filete de água persiste e pode ser visto em seu leito, percorrendo um estreito canal fabricado pela própria  e que são mantidos, preservados e melhorados nas áreas de lavra, como pode ser visto também, na lavra em frente a Fazenda Fieza.

Esta lavra tem a aprovação do Departamento Nacional de Produção Mineral, DNPM e da CPRH, Agencia Estadual de Meio Ambiente do Estado de Pernambuco.

O ato de dragar o rio, limpar a sua calha, hoje totalmente assoreada, já é de fato sua revitalização. O Rio era fundo e ficou raso. Queremos com isto torna-lo novamente navegável. Segundo o Sr. Paulo Andre me disse quando tirava areia em frente a sua Fazenda (Fieza), que seu pai dizia que ali o Rio tinha uma profundidade de 10 metros.
Inclusive tem um marco de cimento identificando o local.

O canal aberto vai evitar a  destruição das margens pela ação das  águas torrenciais que solapam as ribanceiras, carreando os sólidos e arrancando as arvores e ainda causam enchentes nas cidades que estão em seu caminho, como acontece com Santa Cruz. Estas águas vão ser drenadas para o canal aberto, perder velocidade de destruição. Vão atingir as paredes do mesmo, desagregando os sólidos e depositando novamente em seu leito, dando inicio a nova limpeza.

O projeto apresentado ao DNPM prevê a recuperação das margens com replantio de espécies nativas e gramíneas para recuperar a mata ciliar e protege-la contra voçorocas, sulcamentos e desbarrancamentos das margens e ainda construção de muros de arrimo, fazendo com que os ambientes sejam urbanizados. Este projeto tem muito a ver com que esta em estudo, "Uma janela para o Rio Capibaribe".

Estou a disposição para qualquer esclarecimento que se faça necessário.

Abraço

Jose Eurico Machado da Silva
Geólogo CREA 1721 D- PA
UFPE !970

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Nenhum comentário:

Coligação Uma Chance para Santa Cruz responde acusações de Tallys Maia

Nenhum comentário:

Resposta às acusações inverídicas feitas pelo Representante legal da coligação “Frente Popular Trabalhista” o Sr. Tallys Maia, desferidas contra o candidato a Prefeito Edson Vieira.

Prezado Sr. Tallys Maia, internautas e população em geral.

É lamentável as acusações levianas postadas na pagina pessoal do Sr. Tallys Maia de que o nosso candidato estaria praticando crime eleitoral de compra de votos.

Estranha o fato de um recém-formado em Direito (talvez seja por isso), não ter provocado a justiça eleitoral para a tomada das medidas necessárias, conforme determinação expressa em nossa legislação eleitoral, principalmente quando o próprio acusador, além de ser formado, e por isso deveria saber os trâmites processuais para a investigação devida, é o legítimo representante da coligação na qual o seu pai é candidato.

Para a nossa coligação e nosso candidato, não nos interessa esse tipo de agressão e acusações baixas, mentirosas e levianas pois o nosso objetivo é a discussão de propostas capazes de melhorar a nossa cidade e o seu povo, haja vista que a atual situação administrativa nos deixam preocupados com o legado proporcionado por gestores sem compromissos com a coisa pública.

Como prova de nossa estratégia de campanha voltada para a discussão de nossa cidade diferente dos candidatos que fazem parte da sua coligação, conseguimos na justiça o direito de resposta no guia eleitoral do candidato a Prefeito, o Sr. José Augusto Maia, pelas ofensas desferidas contra a imagem do nosso candidato o Sr. Edson Vieira.

Sempre que nos sentirmos lesados, certamente levaremos ao conhecimento do Judiciário para as medidas cabíveis. Diferente do senhor, que deveria fazer o mesmo e não disparar ofensas contra candidatos e até à própria justiça eleitoral, quando o senhor duvidou dos profissionais que ali trabalham.

Sem mais, deixamos aqui um forte abraço à população de Santa Cruz que merece respeito e verdade.

Santa Cruz do Capibaribe-PE, 28 de agosto de 2012.

Priscilla Ferreira
Representante da Coligação “Uma Chance Para Santa Cruz”

Charge

Nenhum comentário:

Instituto Albert Einstein promoverá debate com candidatos

Nenhum comentário:

Segundo informações recebidas pelo Blog, o IAE realizará debate com os 2 principais candidatos a prefeito de Santa Cruz do Capibaribe nos dias 29 e 30 de agosto.

No próximo dia 29/08 o candidato Edson Vieira estará presente as 19h e terá 40min para explanar seu plano de governo, onde na sequência será aberto para perguntas previamente avaliadas com a coordenação do evento e 1 assessor do candidato. O debate terá como público os pais e alunos da própria escola. Já no dia 30/08 será a vez do candidato Zé Augusto, prevalecendo as mesmas regras do candidato Edson Vieira.

Segundo a coordenação do evento, o candidato a prefeito Cleiton Barboza, não compareceu ao dia do sorteio da sequência do debate ficando assim, fora do evento.

O debate é uma das etapas do Projeto Debate, realizado pelos alunos do IAE, onde já foi desenvolvido pesquisa no Moda Center Santa Cruz  com a finalidade de tratamento dos dados através de estudos da Matemática.

Zé Augusto faz visita no Polis Pacas

Nenhum comentário:

Na noite desta segunda-feira(27), os moradores do Bairro Polispacas, em Santa Cruz do Capibaribe, receberam com o candidato a prefeito José Augusto Maia, Dr. Nanau e os candidatos à vereadores da Frente Trabalhista Popular.

Zé Augusto e Nanau, após uma caminhada no bairro apresentaram para a população as propostas do plano de governo, explicando a necessidade de cada obra e a proveniência da verba necessária para que possa se tornar realidade.


Para esta terça-feira (28), o candidato visitará fábricas de confecções do município. À noite, fará caminhada em um dos bairros da cidade.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...